Home / Recursos / Estudos / Moisés
Devocional
Pr. Davi F. M. Cáceres
sobre o autor
05/07/2011

MoisésImprimir

MOISÉS

Terça-feira

TEXTO: LEIA O TEXTO DE Êx.2.1-25

1. Israel crescia abundantemente e a estratégia usada pelo rei do Egito para reduzir o crescimento da população hebréia era por meio do extermínio dos homens que nasceriam (Êx.1.15,16). Esta ação, contudo, não trouxe grande resultado, pois as parteiras não seguiram a instrução do rei. Um dos nascidos neste período foi Moisés. Descendente da tribo de Levi, colocado num cesto dentro dum rio para não ser morto, Moisés foi achado pela filha do Faraó e por ela adotado. A filha de Faraó contratou uma mulher hebréia para cuidar desse menino, que por coincidência era sua própria mãe (Êx.2.1-10). É bastante interessante notarmos como Deus se utiliza de situações corriqueiras para executar os Seus planos soberanos. No caso de Moisés foi a filha de Faraó achá-lo e poupá-lo ao mesmo tempo em que era cuidado por sua progenitora. Busque nas Escrituras ao menos outros três momentos onde Deus executou seu plano por meio de situações corriqueiras. Aliste e descreva cinco momentos, onde foi possível perceber Deus agindo de modo bastante particular por meio de uma situação corriqueira na sua vida. Qual(is) atributo(s) de Deus vem a sua mente quando você vê a atuação de Deus? Aliste-os e escreva como o meditar nestes atributos conforta a sua vida.

2. Ainda que Moisés depois de certa idade tenha ido morar junto ao povo Egípcio devido a adoção, jamais deixou de visitar a nação de Israel que estava escravizada no Egito. Numa destas visitas ele mata um soldado egípcio e o esconde. Num momento posterior esta ação de Moisés é usada contra ele que deve fugir para poupar sua vida e isso o leva para a terra de Midiã, na casa de Jetro. Pecados trazem consequências! Isto é o que Moisés está aprendendo de modo bastante duro. Leia Gl.6.7,8 e veja como a "Lei da semeadura e da colheita" vigoram no NovoTestamento. Avalie o seu coração e confesse as situações onde você tem executado o mal e necessita pedir perdão. Estabeleça estratégias de como você lidará para realizar o bem naquilo que é mal hoje em sua vida.


Quarta-feira

TEXTO: LEIA O TEXTO DE Êx.3.1-4.17

1. A aflição do povo de Israel na terra do Egito crescia e Deus ouviu o clamor do povo (Êx.2.24 - Deus é fiel às Suas promessas e lembrou-se da nação estava prestes a prover o livramento a Seu povo). A maneira como Deus chama Moisés para ser o Seu representante diante do Faraó é espetacular; uma sarça queimando sem ser consumida (Êx.3.2). Reverentemente, Moisés curva-se ao solo como uma clara expressão de submissão ao Senhor Deus que estava naquele local. O próprio Deus conversa com Moisés que pergunta o que ele deveria dizer ao povo e Deus lhe responde: Diga ao povo que "EU SOU me enviou a vós outros" (Êx.3.14). Moisés tinha certeza de que o próprio Deus o havia chamado para cumprir aquela tarefa no nome Dele e Deus estava demonstrando por meio de diversos sinais que Ele capacitaria a Moisés. Fato é que Moisés se esquivou ao menos quatro vezes dos chamados de Deus (Êx.3.11; 4.1; 4.10; 4.13). Reconhecer as suas limitações é um ato de grande humildade e Paulo pede para que pensemos corretamente sobre nós mesmos (Rm.12.3). Enumere quais são as capacidades e quais são as suas limitações/dificuldades. Vá diante de Deus e adore-o por suas capacidades e dificuldades.

2. Ainda pensando naquilo que vimos na pergunta anterior sobre as capacidades que Deus nos deu. Se as temos, as temos para usá-las para honrar e engrandecer a Deus. Se não as usamos somos ingratos com Deus que nos concedeu tais capacidades e podemos não servir como convém com temor daquilo que as pessoas poderão dizer ou pensar a meu respeito. A isso a Bíblia chama de "Temor a homens". Se você tem talentos e dons e não os usa no serviço cristão, avalie o seu coração para ver se não tem sido negligente ou se não tem alimentado temor aos homens. Faça perguntas como: Quais são as minhas áreas fortes?  Quantas vezes no último ano de dispus para servir na igreja? Fico preocupado com o que as pessoas falarão do meu trabalho/serviço?

Quinta-feira

TEXTO: LEIA O TEXTO DE Êx.5.1-23

1. Chamado por Deus para conduzir o povo na saída do Egito, juntamente com seu irmão Arão, Moisés em sua primeira intervenção recebe total apoio por parte da nação de Israel (Êx.4.31). Moisés dirigiu-se ao Faraó e solicitou que deixasse o povo de Israel ir para sacrificar ao Senhor. Sua petição fora negada e a carga de trabalho aos escravos israelitas aumentada. O povo que havia apoiado a Moisés agora o critica (Êx.5.20,21). Aquele que se dispõe a servir deve estar ciente de que críticas virão, muitas vezes por parte daqueles que deveriam apoiá-lo. Injustas não as críticas a Moisés, pois quem aumentara a exigência de trabalho era o Faraó bem como quem a escravizara. Moisés era o enviado de Deus para socorrer o povo. Jesus também veio para o seu povo e foi rejeitado pelo povo (Jo.1.11). Olhando para a sua vida, você é mais crítico ou mais encorajador? Aliste as últimas cinco vezes onde você criticou e outras cinco onde você encorajou. Aquele que critica, assim como o povo de Israel nesse texto, vê apenas sua posição de perda. Olhe para as situações onde você criticou e veja qual foi o suposto privilégio/direito que lhe foi tomado (pense da seguinte forma: foi-me tirado o "descanso", "lazer", "trabalho", "a minha opinião não foi ouvida" e por isso eu critiquei). Qual deve ser seu pensamento quando novas situações de suposta perda de privilégio/direito ocorrer?


Sexta-feira

TEXTO: LEIA O TEXTO DE Êx.14.30-15.19

1. Deus se utiliza de dez pragas para quebrantar o duro coração do Faraó. Aliste quais foram as dez pragas que Moisés declarou contra o Egito. A última das pragas foi a morte dos primogênitos. Esta praga culminou com a instituição da Páscoa (Leia Êx.12.1-36 para uma clara declaração do que é a Páscoa judaica). Libertos pelo Faraó depois de todas as pragas o povo ainda viu o mar se abrir e os seus inimigos morrerem todos. O que culminou com um grande momento de louvor e adoração ao Senhor (Êx.15.1-19). Pense em sua vida e veja quantas vezes Deus já o livrou e libertou de inúmeras situações atribuladas. Lembre-se de que Cristo é o nosso Cordeiro Pascal que pagou todas as nossas dívidas de pecado e se fez pecado por nós. Louve a Deus pela sua salvação em Cristo Jesus.
 

Pr. Davi F. M. Cáceres
Autor
Pr. Davi F. M. Cáceres
Pr. Davi F. M. Cáceres
IGREJA BATISTA PEDRAS VIVAS - RUA GUACUMÃ, 535 - VILA CALIFORNIA, SP - VEJA O MAPACONTATOIBPV MAILINDIQUE A UM AMIGO
Indique um amigo *Campos obrigatórios