Home / Recursos / Estudos / Abraão
Devocional
Pr. Davi F. M. Cáceres
sobre o autor
07/06/2011

AbraãoImprimir

Abraão

A Biografia desta semana será de Abraão, o grande patriarca daquela que se tornaria a nação de Israel.

Terça-feira

TEXTO: LEIA O TEXTO DE Gn.12.1-9

1. Ao ler este texto você deve ter percebido claramente que se refere a uma ordem dada por Deus a Abrão. Até aquele momento Abrão era um homem comum, filho de Terá, nascido em Ur dos Caldeus, casado com Sarai que era estéril e que se mudou para Harã (Gn.11.27-32). Deus escolheu Abrão para abençoá-lo dentre todos os homens da terra e pediu que saísse da cidade onde vivia e fosse para um local que Ele mostraria. O autor do livro de Hebreus atribui uma decisão de fé a Abrão (Hb.11.8). Hebreus 11.1 nos dá uma definição de fé "a certeza de cousas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem". Abrão seguiu aquilo que Deus havia dito a ele. Viver pela fé é tomar decisões baseadas nas informações que Deus nos fornece por meio de Sua Palavra e confiar que Ele sabe o que é melhor para os Seus filhos. Aliste quais são as grandes decisões de sua vida hoje. Em seguida descreva quais são os passos que você tem dado para tomar essas decisões. Quais são os textos bíblicos que norteiam cada uma de suas decisões? Quais são as perguntas que você procura responder antes de tomar tais decisões? De que maneira os conselhos de irmãos maduros na fé podem auxiliar a tomarmos nossas decisões? Descreva duas situações onde você buscou conselhos para a tomada de decisões.

Quarta-feira

TEXTO: LEIA O TEXTO DE Gn.13.1-13

1. Abrão deixou a terra de seu pai como o Senhor o havia dito. Levou consigo, porém, a Ló seu sobrinho (Gn.12.4,5). A ordem de Deus a Abrão era que saísse somente ele e sua casa da terra de seu pai e não levasse ninguém como ele, nenhum parente. Quando ambos estavam abastados houve contenda entre eles e entre seus trabalhadores (Gn.13.8). A desavença poderia ter sido evitada se Abrão tivesse obedecido plenamente ao Senhor e não levado seu sobrinho com ele. Agora ele está diante de uma situação onde deve agir de modo a pacificar o conflito e solucionar o problema. Sabiamente é o que ele faz. Pense em você, quando está diante de uma situação de conflito/desavença. Para ser mais preciso, pense nas duas últimas situações de conflito. Você foi ativo para solucionar a questão? Descreva como você fez isso (pense nas palavras que usou, se o momento era adequado para conversar sobre o assunto, seu modo de abordar a situação problema, etc.).

2. Olhe para Tiago 4.1-4 e relate de onde procedem as guerras e contendas. Você é alguém que busca os seus próprios direitos em situações de tensão? Aliste as últimas cinco situações de tensão ou potencial tensão onde você abriu mão de um direito/suposto direito visando manter a paz.

3. Sugiro que você leia os capítulos de 4, 5, 6 e 7, do livro Os Conflitos no Lar e as Escolhas do Pacificador, do autor Ken Sande e Tom Raabe, da Editora NUTRA Publicações, 2011, para uma discussão bastante útil sobre passos para buscar a paz.


Quinta-feira

TEXTO: LEIA O TEXTO Gn.12.10-20; Gn.20.1-18; Gn.22.1-19

1. Abrão durante sua vida teve ao menos três importantes momentos onde pôde aprender a temer a Deus e confiar na provisão que Ele faria para sua casa. Estes três momentos estão descritos nos textos que leu hoje. No primeiro texto Abrão e sua família chegaram ao Egito e temendo perder sua vida ele faz um acordo com sua esposa Sarai onde ela diria que era sua irmã (Gn.12.12,13). A mesmo dinâmica se repete quando chegam a Gerar. Temendo pela sua própria vida Abraão faz novo acordo com Sara (obs.: os nomes deles são mudados em Gn.17). No último texto, contudo, Abraão havia recebido a ordem da parte de Deus para matar a seu filho Isaque. Esse era um momento propenso para fazer um acordo e buscar uma alternativa mais fácil a dura realidade que ele vivia da mesma maneira que havia feito anteriormente. Sua resposta, porém, a pergunta de Isaque mostra como suas convicções sobre o cuidado de Deus se alteraram - "Deus proverá" (Gn.22.7,8). Considerando as ações de Abraão, diante de uma situação adversa você busca o que mais lhe beneficia ou o que aos olhos de Deus é o mais acertado a ser feito descansando em Seu cuidado? Aliste como você agiu nas duas últimas situações adversas que teve. Como estas situações adversas alteraram convicções não bíblicas e reforçaram padrões bíblicos em sua vida? Faça uma lista de textos bíblicos que poderiam ser usados por você para lidar com outras situações como essa que você já enfrentou.

Sexta-feira

TEXTO: LEIA O TEXTO DE Gn.21.1-21

1. Uma das grandes verdades acerca do pecado em nossa vida é que nós não somos capazes de imaginar quais consequências eles nos trarão. Deus havia dito a Abraão que sua descendência perpétua seria proveniente de um filho nascido de Sara (Gn.12.2;15.4;17.19). Como de costume buscamos o nosso meio de resolver aquilo que achamos que Deus está demorando a resolver. A maneira encontrada por Abraão e Sara foi possuir a serva dela, Hagar, e por meio dela gera um filho (Gn.16.1-15 - obs.: Veja que aqui temos um novo acordo entre o casal e mais uma vez para resolver as questões a sua própria maneira deixando os princípios divinos para trás). O filho nascido desse incesto foi Ismael. Quando Isaque nasceu houve certa intriga entre os filhos (Gn.21.9) e Sara, então, exigiu que Abraão expulsasse a Hagar e Ismael da convivência deles (Gn.21.10). Isso, porém, pesou o coração de Abraão, pois Ismael era seu filho (Gn.21.11). O acordo realizado e o pecado cometido estavam naquele momento, muitos anos depois, trazendo grande dor para Abraão e brigas para a casa. Abraão retirou Hagar e Ismael da casa e estes ficaram errantes no deserto. Contudo, Deus estava com Hagar e Ismael e cuidou deles de forma bastante particular e permitiu que Ismael crescesse e se tornasse um grande povo. Deus supre todas as necessidades de uma serva que fora tratada de forma injusta. Aproveite o dia de hoje para orar a Deus agradecendo pela maneira como ele faz provisão para sua casa. Use esse tempo também para confessar diante de Deus os seus pecados e se houver necessidade de reparação, vá e repare.
 

Pr. Davi F. M. Cáceres
Autor
Pr. Davi F. M. Cáceres
Pr. Davi F. M. Cáceres
IGREJA BATISTA PEDRAS VIVAS - RUA GUACUMÃ, 535 - VILA CALIFORNIA, SP - VEJA O MAPACONTATOIBPV MAILINDIQUE A UM AMIGO
Indique um amigo *Campos obrigatórios